Publicidade
in ,

Qual melhor banco para fazer um empréstimo?

Encontrar melhor banco para fazer um empréstimo pode ser uma tarefa complicada, mas com a ajuda da internet tudo tornou-se mais simples. Podemos comparar por exemplo, o que é mais vantajoso para o consumidor, se é pedir empréstimo em banco público ou no banco privado, saiba mais aqui no artigo. 

Publicidade

Aprenda a escolher o melhor banco para adquirir um empréstimo 

Na maioria das vezes, contratar um empréstimo no banco pode ser a solução para muitos casos, seja para a quitação de uma dívida, fazer uma viagem ou comprar uma casa. Logo, para não errar na escolha do banco, é fundamental analisar os serviços que ele tem para te oferecer e temos que saber se há muita reclamação por parte dos clientes. 

Existem alguns casos onde é necessário buscar ajuda diretamente com a empresa que possui débitos e negociar juntamente com eles, o melhor valor para pagar as parcelas. Pesquisar sobre as referências do banco é essencial, pois como sabemos, os juros podem acabar mudando de uma financeira para outra.

Se os clientes perceberem que há muita mudança nas taxas, e essas estiverem fora dos padrões de mercado, estes devem fazer uma denúncia aos órgãos responsáveis, que fiscalizam as operações financeira. 

 

Veja a seguir, uma pequena lista dos 10 melhores bancos do Brasil para solicitar empréstimos sempre que necessitar: 

  • Lendico;
  • Geru;
  • Simplic;
  • Finanzero;
  • Santander;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Banco do Brasil;
  • Bradesco; 
  • Bom Pra Crédito;
  • Crefisa.

Todos esses bancos e financeiras possuem taxas de financiamento que podem variar em torno de 2% até 21% no caso da Crefisa, por exemplo. Sabemos que, para funcionário público e beneficiário do INSS a política de financiamento é um pouco diferente quando comparamos com o trabalhador com carteira assinada. 

Como contratar empréstimo consignado?

 

Com relação ao empréstimo consignado não há muita opção no mercado, o consumidor deve contratar o crédito com a empresa conveniada. Temos que ler atentamente o contrato, pois há muita reclamação relacionada às taxas e com as condições de pagamento. 

O crédito consignado geralmente costuma ser debitado direto da conta do cliente, por isso, cabe ao cliente ficar sempre de olho em sua conta, e se houver algum problema com o valor da parcela, ou se for cobrada algum  valor indevido, avise o gerente imediatamente. 

Confira abaixo, alguns bancos ideais para funcionário público e beneficiário do INSS, antes de contratar qualquer modalidade de serviço com estes bancos, consulte sobre suas taxas e políticas de pagamento. 

  • Banco Santander: para beneficiário do INSS 2,01% a.m  e para servidor público 1,74%;
  • Banco do Brasil: beneficiário do INSS 2,03% e para servidor público 1,94%;
  • Itaú: beneficiário do INSS 2,03% e servidor público 2,65%; 
  • Bradesco: beneficiário do INSS 2,16% e para servidor público 1,91%. 

Para o empréstimo pessoal, indica-se as taxas dos bancos públicos, porque são mais acessíveis para o público em geral, no entanto, para algumas modalidades as instituições privadas ainda são mais favoráveis. 

Publicidade

Quais fatores devemos analisar?

Ao decidir contratar um empréstimo, devemos analisar diversos fatores que vão muito além dos juros. Veja a seguir, algumas perguntas que devem ser respondidas antes de assinar o contrato com a financeira: 

  • Qual nosso relacionamento com a empresa?;
  • Existe confiança no gerente?;
  • Qual prazo concedido para quitar o débito?;
  • Quais multas ou sanções devo sofrer em caso de atraso?;

Procure utilizar uma planilha, e coloque todos seus gastos e ganhos dentro dessa planilha, e veja se há realmente necessidade de pedir empréstimos, se está realizando algum freelancer para cobrir os gastos, tudo deve ser anotado. 

Consulte sobre o comportamento da financeira junto ao PROCON e o Reclame Aqui, ofertas abaixo do mercado costumam ser tentadoras, mas é primordial ter muito cuidado, na dúvida consulte o parâmetro do BACEN. 

 

O que é o CET?

 

O Custo Efetivo Total nada mais é do que a soma de todas as taxas que são cobradas pelas financeiras, e esse valor está sempre visível nas faturas. Este CET inclui juros, seguros, e outros valores que compõem as transações financeiras. 

Mesmo que seu banco possa te oferecer juros menores, o CET pode ser mais alto, do que em bancos com juros mais altos. Por isso, os clientes devem sempre perguntar sobre o CET antes de contratar qualquer tipo de serviço com o banco. 

Neste final de ano, para muitos brasileiros, os empréstimos podem até ajudar a pagar aquela dívida, ou mesmo realizar o sonho de uma viagem, mas temos que observar quais são as condições do financiamento para não cair em armadilhas.

Se for contratar na modalidade online, pesquise antes sobre a credibilidade da empresa, olhe no reclame aqui e veja se há muita reclamação. Caso a financeira te pedir algum valor para ser depositado, denuncie pois pode ser golpe. 

Conclusão  

Se quer saber mais sobre melhor banco para fazer um empréstimo e como contratar com segurança, saiba mais em nosso site, e tenha dinheiro para seu fim de ano ainda esta semana. Não se esqueça, trabalhamos apenas com financeiras credenciadas pelo BACEN.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como Funciona o Cartão Superdigital Crédito do Santander

Como Funciona o Cartão Superdigital Crédito do Santander?

Qual-a-Menor-Taxa-de-Empréstimo-Pessoal-Bancos-privados

Qual a Menor Taxa de Empréstimo Pessoal no Brasil?